Bem-vindo(a)!

Exponho aqui um pouco daquilo que tem a ver com a minha produção diária. Cada publicação, uma novidade: poesias, notícias, pensamentos, reportagens…

No corpo, na alma e no coração RSS

Abaixo-assinado pela cassação de Cunha ultrapassa 1 milhão e 300 mil assinaturas

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Política | 24/04/2016 às 8:04

Com mais de 168 dias de manobras, processo pela cassação de Eduardo Cunha é o mais longo da história da Câmara dos Deputados (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo/AE)

Com mais de 168 dias de manobras, processo pela cassação de Eduardo Cunha é o mais longo da história da Câmara dos Deputados (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo/AE)

Não sei se contra o Deputado Federal Eduardo Cunha pesam mais denúncias do que contra o Senador Aécio, mas o processo que se arrasta contra aquele no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados já bate recorde. Com mais de 168 dias de manobras, é o mais longo da história da “casa do povo”.

Se nenhum revoltado online vem pra rua movimentar o Brasil batendo panela para nos livrar desse “gângster”, assine a petição, publicada no Avaaz, para pressionarmos o Conselho de Ética pela cassação do mandato de Cunha. Mais de 1 milhão e 300 mil pessoas já fizeram a sua parte. 2 milhões de assinaturas é a meta. Faça a diferença!

Assine o abaixo-assinado pela cassação de Cunha!


Pode ter havido fraude na transcrição de conversa grampeada entre Dilma e Lula

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Política | 23/03/2016 às 18:00

Desde o dia 16 de março de 2016, data em que um juiz “vazou” o áudio de conversa telefônica (grampeada) entre Dilma Rousseff e Lula, suspeitei da fidelidade da sua transcrição, assinada pela Equipe de Análise do Grupo de Trabalho da Lava Jato na Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal no Paraná.

Depois de ouvi-la inúmeras vezes, até mesmo reduzindo em 50% a velocidade do diálogo, estou convencido de que a degravação é falha, podendo dizer, inclusive, que, se dolosa (intencional), é fraudulenta, alterada com o fim de induzir a erro o juiz, caracterizando o ilícito tipificado no art. 347 do Código Penal.

Eis que onde se lê “junto com o PAPEL, pra gente ter ele, e só USA em caso de necessidade, que é o TERMO DE POSSE”, frase que teria sido dita por Dilma na conversa interceptada, precisa seria a seguinte transcrição: “junto com o PAPEL, pra gente ter ele, e só USO em caso de necessidade, que é o TERMO DE POSSE”. Continue lendo este tópico »


Nós estamos do mesmo lado

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Política | 18/03/2016 às 11:59

Imagem de Amostra do You Tube

Se você é contra a corrupção, mas também é contra a fome;
se você é contra a corrupção, mas também é contra a miséria;
se você é contra a corrupção, mas também é contra o salário mínimo mínimo;
se você é contra a corrupção, mas também é contra as escolas só para ricos;
se você é contra a corrupção, mas também é contra a universidade só para brancos;
se você é contra a corrupção, mas também é contra o genocídio indígena;
se você é contra a corrupção, mas também é contra a violência sobre o corpo da mulher;
se você é contra a corrupção, mas também é contra o machismo;
se você é contra a corrupção, mas também é contra a homofobia;
se você é contra a corrupção, mas também é contra o racismo;
se você é contra a corrupção, mas também é contra a violência policial;
se você é contra a corrupção, mas também é contra a justiça só para uns, tendenciosa, que só investiga um lado…

Vamos juntos tomar às ruas nesta sexta-feira (18/03).

Acesse a página Nas ruas contra o golpe, em defesa da democracia, no Facebook, para saber onde será a manifestação na sua cidade e confirmar a sua presença no evento.


Calculadora de tempo entre duas datas

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Dicas e tutoriais | 07/10/2015 às 13:34

Precisa saber quanto tempo se passou entre duas datas diferentes? A calculadora abaixo permite fazer essa contagem com facilidade. Basta preencher os campos “Primeira data” e “Segunda data”, sempre usando números, e clicar em “Calcular”. Fazendo isso, imediatamente aparecerão o tempo decorrido e os dias passados entre as datas informadas.

É importante observar que a contagem não inclui a segunda data, já que a calculadora considera apenas o tempo passado.

Por exemplo, entre 01/01/2012 e 01/01/2013, passou-se 1 ano, 0 meses e 0 dias ou 366 dias. Já entre 01/01/2014 e 01/01/2015, passou-se 1 ano, 0 meses e 0 dias ou 365 dias.

Veja que mesmo sendo diversa a quantidade de dias de um período (mês ou ano), ela informa exatamente quanto tempo se passou em anos, meses e dias.

Contribuição: Calculadoras Online


Era da Informação: os raros jovens que buscam conhecimento

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Cotidiano | 06/04/2015 às 18:36

Luiz Gonzaga Bertelli (*)

Raros são os jovens que buscam conhecimento, por mais acessíveis que sejam (Imagem: PCWorld)

Raros são os jovens que buscam conhecimento, por mais acessíveis que sejam (Imagem: PCWorld)

Há alguns anos, numa época em que a tecnologia ainda não permitia acesso à internet com um simples deslizar de dedo pelo smartphone, uma grande montadora solicitou ao CIEE que realizasse o processo seletivo para seu programa de estágio. Uma das primeiras perguntas aos candidatos, estrategicamente feita para delinear o perfil de quem almejava a vaga, era sobre hábitos de leitura. “Quem folheou ao menos um jornal hoje?” e apenas um levantou a mão. Se fosse formulada hoje é possível imaginar que talvez nem o mesmo solitário se manifestasse.

Apesar de vivermos na chamada Era da Informação, contraditoriamente, raros são os jovens que buscam conhecimento, por mais acessíveis que sejam. Há, claro, as notícias que vez ou outra são compartilhadas pelas mídias sociais, mas que – pela afinidade entre amigos ou pelos algoritmos que selecionam automaticamente quais posts serão visualizados ou não – tendem a transmitir visões parciais de fatos ou restringem a variedade cultural que a internet oferece. Continue lendo este tópico »


Mais ciclovia, por favor!

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Cotidiano | 27/03/2015 às 18:51

Criança indo para a escola na ciclovia do Viaduto do Chá. Foto: Aline Os.

Criança indo para a escola na ciclovia do Viaduto do Chá. Foto: Aline Os.

A construção de uma cidade para pessoas, e não para carros, é o objetivo maior do Prefeito Fernando Haddad (PT) no cumprimento da sua promessa de campanha eleitoral: implantar 400 km de ciclovias no município de São Paulo até o fim do seu mandato.

Pela finalidade, imaginaríamos que todos os poderes constituídos envidariam esforços para concretizar essa proposta. O que se vê, porém, é uma grande guerra, sobretudo do Poder Judiciário, do Ministério Público e da Imprensa, contra a lógica de locomoção urbana mais humana e eficiente do mundo.

Apesar de tudo, a coragem, a persistência e a resistência de Haddad já garantiram, segundo o movimento Vá de Bike, a entrega de 199,8 km de novas ciclovias na maior e mais populosa cidade do Brasil, e essa é a postura que se espera dos gestores de todo o país.


Basta de especulação sobre a Petrobras

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Economia | 05/02/2015 às 22:57

Imagem de Amostra do You Tube

Dirigente da Federação Única dos Petroleiros (FUP), João Antônio de Moraes esclarece as consequências do processo de destruição da Petrobras, atreladas às denúncias de corrupção e à crise do mercado mundial de petróleo. A entrevista foi concedida ao jornalista Heródoto Barbeiro, na segunda-feira (02), no Jornal da Record News.

É óbvio que é preciso apurar e punir os culpados de quaisquer desmandos, mas isso não pode custar a soberania nacional, o emprego de milhares de trabalhadores(as) brasileiros(as) e os grandes avanços obtidos pela maior petroleira de capital aberto do mundo, a Petrobras.