Bem-vindo(a)!

Exponho aqui um pouco daquilo que tem a ver com a minha produção diária. Cada publicação, uma novidade: poesias, notícias, pensamentos, reportagens…

No corpo, na alma e no coração RSS

Lula reunifica ensino médio e técnico

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Educação | 19/10/2004 às 7:07

Após sete anos separados, o ensino médio e o profissional técnico poderão ser oferecidos novamente de forma articulada, com matrícula única, concedendo ao aluno um só diploma.

É o que prevê o decreto 5.154, assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, autorizando a unificação dos dois níveis.

Publicado [dia 26/07/2004] no “Diário Oficial” da União, o texto modifica a oferta do ensino técnico. Até então, os níveis médio e técnico tinham aulas, currículos e certificados diferentes. Agora, o aluno poderá, por exemplo, fazer um só curso e obter um certificado com nível médio-técnico.

Continuará existindo também a oferta de turmas somente de ensino médio ou técnico. A implantação do sistema integrado médio-técnico não é obrigatória, cabendo a Estados e escolas técnicas a decisão de oferecê-lo ou não.

Até o final do ano, o ministério pretende publicar as diretrizes curriculares da nova modalidade.

Segundo o Censo Escolar 2003, há no país 2.789 estabelecimentos com cursos técnicos, dos quais 71% em instituições privadas. Englobam cerca de 600 mil alunos.

Bem recebida por instituições de ensino tecnológico, a medida enfrenta resistência de governos estaduais, que alegam não ter recursos para ampliar vagas.

Apesar de autorizar a medida, o governo federal não terá imediatamente mais verbas para o setor. Pretende expandir o investimento com a criação do Fundeb, um fundo para financiar a educação básica e substituir o atual Fundef.

O novo fundo visa redistribuir os recursos destinados à educação de acordo com o número de alunos matriculados, incluindo os do nível médio.

Fonte: Folha Online

– Fiquei muito feliz ao ler esse decreto. Quando ingressei no CEFET visava cursar Informática e como este era um curso bastante concorrido me dediquei profundamente aos estudos. Comprei todos os fascículos do Diário de Natal destinados ao Pró-CEFET e freqüentei determinado aos aulões do Prof. Aluísio Machado, sem faltar um sequer. Porém, na hora da prova veio a surpresa. O local do formulário para menção do curso estava anulado por asteriscos, provocando um candidato a perguntar como mencionaria e a resposta veio de imediato: – “Deixem o quadro como está. Não se escolhe mais curso técnico. Fernando Henrique desvinculou em 96. Agora é só Ensino Médio”. – Fiquei muito triste, mas fiz a prova com a mesma vontade, obtendo pontuação necessária ao meu ingresso ao Ensino Médio-Técnico em Informática, caso houvesse. Que o CEFET-RN reunifique a educação profissional técnica de nível médio e o ensino médio.


Tópicos Relacionados

Escreva um comentário