Bem-vindo(a)!

Exponho aqui um pouco daquilo que tem a ver com a minha produção diária. Cada publicação, uma novidade: poesias, notícias, pensamentos, reportagens…

No corpo, na alma e no coração RSS

Muito obrigado!

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Curiosidades | 26/12/2008 às 16:59

Estimado (a) amigo (a),

Venho de público agradecer a uma amiga leitora deste simples espaço, via de informação, conhecimento e exposição de parte da minha intimidade. Por meio de depoimento no Orkut, parabenizou-me pelo blogue, dizendo ainda que a partir daquela data tornava-se internauta assídua nas leituras de meus escritos.

Digo internauta para remeter às curiosidades e polêmicas que na sua crítica ela aproveitou para levantar sobre a palavra destacada. Interessantes, por sinal. Estimulou-me a pesquisar sobre o assunto.

Certamente, você já ouviu falar ou leu o referido termo em algum lugar, mas talvez não saiba que ele gera controvérsias. Isso mesmo! Também não sabia, porém há umas três linhas de pensamento. Em síntese, a primeira defende o uso de “internauta” para designar aquele que utiliza a internet; a segunda recomenda “usuário” como termo mais apropriado e a terceira não ver problemas em escrever as duas palavras.

Não pretendo aprofundar-me nessa discussão, mas dar ciência de que as três frentes podem viver em harmonia, pois a Academia Brasileira de Letras já reconhece “internauta” como substantivo de dois gêneros, significando, de acordo com o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, 3ª edição, “1. Usuário da Internet, rede mundial de computadores. 2. Restr. Usuário intensivo da rede Internet, que ocupa grande parte de seu tempo explorando os recursos por ela oferecidos”.

Da mesma forma, o Aurélio diz que usuário, em sua quinta acepção, é “cada um daqueles que usam ou desfrutam alguma coisa coletiva, ligada a um serviço público ou particular; utente: usuário dos trens da Central, do serviço dos correios, [da Internet]”.

Então, contemplados todos os pensamentos, posiciono-me na terceira linha. Seja por emeio, no blogue ou no flogue, para usuários ou internautas, escrevo.

E assim, expressando-me pela escrita, estendo este agradecimento a todos e todas que estiveram comigo em 2008. Real e virtualmente falando, um ano significativamente produtivo. Aqui no blogue, sem diminuir a qualidade e prezando sempre por ela, alcancei o maior índice de postagens. Na vida lá fora também aproveitei muito, conheci muita gente boa, estudei, aprendi, ensinei, curti. Sorri e fiz sorrir. Vivi intensamente. Colhi, mas não me esqueci de cultivar. 2009 promete bons frutos!

Finalmente, entrarei de férias do ciberespaço. Enquanto praticamente todos os colégios, faculdades e universidades do Brasil a essa altura concederam descanso para funcionários, empregados, estudantes, etc., o CEFET está em plena atividade até o final de janeiro, com um pequeno recesso para as festividades de Natal e Ano Novo, e eu paralelamente nos últimos dias do curso de Eletrotécnica. Com isso, irei nesse período dedicar-me com mais afinco aos estudos técnicos, garantindo voltar no novo ano com várias novidades e muita história pra contar.


Tópicos Relacionados

Escreva um comentário