Bem-vindo(a)!

Exponho aqui um pouco daquilo que tem a ver com a minha produção diária. Cada publicação, uma novidade: poesias, notícias, pensamentos, reportagens…

No corpo, na alma e no coração RSS

Microsoft deixa 5 países sem Messenger

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Informática, Política | 24/05/2009 às 23:32

Sem MessengerQuando o assunto é política, é fácil encontrar quem odeia discuti-lo. Muita gente acha que ela em nada lhe diz respeito e prefere ignorar o tema pelo qual são regidas todas as nossas relações. Você já pensou que poderia ficar sem acesso ao Orkut, ao Messenger ou à própria internet por decisão política?

Saiba que essa suposição é perfeitamente aplicável. Na última quinta-feira (21), em particular, a Microsoft interrompeu o acesso de 5 países ao Windows Live Messenger, sendo eles: Cuba, Síria, Irã, Sudão e Coreia do Norte. O motivo? Simplesmente, política!

No mês passado, o Departamento de Estado Americano divulgou a chamada “lista negra” dos países patrocinadores do terrorismo, em que figuraram, com exceção da Coreia do Norte, as outras quatro repúblicas. Apesar da oficialmente República Democrática Popular da Coreia ter deixado essa lista em outubro de 2008, o país sofre sanções do Conselho de Segurança da ONU, intensificadas em abril após o lançamento de um satélite de comunicações, como parte do desenvolvimento de seu programa espacial.

Nesse quadro, mais de 160 milhões de pessoas estão privadas de utilizar o mensageiro mais popular do mundo e consequentemente limitadas no seu direito de comunicação. Para estes, vale a mensagem 810003c1: We were unable to sign you in to the .NET Messenger Service (estamos impossibilitados de conectá-lo ao serviço .NET Messenger, em tradução livre), seguida pela informação de que “a Microsoft suspendeu o fornecimento dos serviços de mensagens instantâneas em certos países submetidos à sanções dos Estados Unidos”.

Em tempos de globalização é bom estudar um pouco sobre Guerra Fria.


Tópicos Relacionados

Escreva um comentário

[addthis tool="at-below-post-homepage"]