Fidel diz que golpistas de Honduras não têm “salvação”

O ex-presidente de Cuba Fidel Castro pediu, neste domingo, que não se negocie com os militares que derrubaram o presidente de Honduras, Manuel Zelaya. O líder cubano cobrou a renúncia da cúpula militar. Segundo ele, os golpistas “não têm salvação possível”, já que até o governo norte-americano reconheceu Zelaya “como único presidente de Honduras”.