Bem-vindo(a)!

Exponho aqui um pouco daquilo que tem a ver com a minha produção diária. Cada publicação, uma novidade: poesias, notícias, pensamentos, reportagens…

No corpo, na alma e no coração RSS

Vestibular criou “cotas para populações mais abastadas”, diz Haddad

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Educação | 30/04/2010 às 23:53

Amanda Cieglinski – Repórter*

O Ministro da Educação, Fernando Haddad, criticou hoje (30) o modelo do vestibular tradicional que, na avaliação dele, exclui os jovens pobres da universidade pública. “O vestibular é uma cláusula de barreira impeditiva ao desenvolvimento profissional dos nossos jovens, [o vestibular] criou cotas para populações mais abastadas que são capazes de pagar cursinhos e taxas elevadas de inscrição”, afirmou.

Ele esteve hoje em um evento em Foz do Iguaçu para discutir a educação na América Latina e apresentou aos participantes de 12 países da região a proposta do Ministério da Educação do Brasil para substituir o vestibular por uma avaliação unificada, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Os países latino-americanos possuem diferentes sistemas de acesso dos jovens ao ensino superior. Continue lendo este tópico »

Redação escrita por mim no Concurso CAERN 2010

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Artigos | 25/04/2010 às 19:51

O comando da prova de redação apresentava uma história do dia 22 de março – Dia Internacional da Água, disponível em meninomaluquinho.educacional.com.br, e pedia a elaboração de “um texto dissertativo, usando entre 25 e 30 linhas, discutindo como é possível oferecer água potável a todos os povos do planeta”. Segue abaixo a minha produção:

A baixa disponibilidade de água potável já é um problema de proporção global. Nos diferentes continentes, países ricos e pobres carecem desse recurso indispensável à sobrevivência da humanidade e ao planeta. Nesse sentido, as medidas a serem tomadas para solucionar essa questão devem necessariamente envolver o poder público, a iniciativa privada e a sociedade civil.

Pode parecer contraditório, mas todos sabemos que o mundo dispõe de muita água, quantidade suficiente para não ser motivo de preocupação. Ocorre, entretanto, que por não valorizarem devidamente, as indústrias muitas despejam resíduos químicos em rios e afins, as populações jogam lixo em córregos, além de exagerarem no seu consumo, e o Estado, por sua vez, não exerce rigorosamente seu papel fiscalizador, a fim de coibir abusos, nem universaliza o saneamento básico. Continue lendo este tópico »

Brasília ganha novo hino feito pelo rapper GOG

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Entretenimento | 21/04/2010 às 20:31

GOG - O Hip-Hop em grande estilo!

Arte: Divulgação

GOG, o Poeta do Rap Nacional, volta à cena em “grande estilo”. Dessa vez, o rapper lança Outros 50!, um novo “hino” para a Capital Federal, que hoje completa 50 anos. Segundo o poeta, “essa versão da história nunca foi cantada antes”.

Sempre antenado aos fatos sociais, GOG havia escrito no final do ano passado Ponto Phinal, uma crítica com rimas contundentes ao escândalo de corrupção no DF envolvendo a cúpula administrativa do governo, inclusive o então Governador José Roberto Arruda (DEM).

Natural de Brasília, Genival Oliveira Gonçalves (o GOG) nasceu na cidade satélite de Sobradinho, Distrito Federal, em 1965.

Ouça

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Continue lendo este tópico »

Concursados podem ser nomeados em ano de eleição

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Direito | 20/04/2010 às 22:48

Sylvio Motta*

Sempre que entramos em um ano de eleições, os concursandos de todo o país começam a se perguntar se é possível ou não a realização de concursos públicos durante o período eleitoral. Com efeito, a Lei Eleitoral 9.504, de 1997, em seu artigo 73, inciso V, dispõe da seguinte forma: “É proibido nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens, ou por outros meios, dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito”. Mas cabe, diante das regras legais pertinentes ao tema, uma análise mais contundente não só para o esclarecimento à sociedade como também para explicitar o cunho social da mesma.

Quanto ao tempo de proibição para nomeação, vale observar que o período de proibição não incide sobre o ano inteiro, mas apenas aos três meses que antecedem as eleições e até a posse dos eleitos. No ano de 2010, por exemplo, a vedação só incidirá a partir do dia 1º de julho até a efetiva posse dos eleitos. Além disso, essa vedação não se aplica àqueles concursos públicos que tenham sido homologados até o termo inicial da proibição. Dessa forma, tal proibição não causa obstáculo à nomeação, durante o período eleitoral, de candidatos aprovados em concursos públicos homologados até o início de tal prazo (1º de julho de 2010). Continue lendo este tópico »

Militares pedem ao STF a punição dos torturadores

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Direito | 18/04/2010 às 21:42

O Major Brigadeiro Rui Moreira Lima – um dos três heróis de guerra remanescentes da Força Expedicionária Brasileira combatente do nazi-fascismo, durante a II Guerra Mundial – protocolou segunda-feira (12), no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido para que a Lei da Anistia não abarque os crimes de tortura. O documento, assinado pelo Brigadeiro como presidente da Associação Democrática e Nacionalista de Militares (ADNAM), afirma:

“Pede-se a este Pretório Excelso uma interpretação da Lei 6.683/79 conforme a Constituição de tal modo que a anistia concedida pela referida lei aos crimes políticos e conexos não abarque os crimes comuns praticados pelos agentes repressores da oposição ao regime militar à época vigente (1964/1985), devendo, assim, a presente ADPF ser julgada integralmente procedente.” Continue lendo este tópico »

Ação da AGU garante que carro 0 km seja fabricado com dispositivo antifurto

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Direito | 04/04/2010 às 0:55

O novo dispositivo deverá reduzir o número de roubos de veículos no país (Arte: Sérgio Moraes/AscomAGU)

O novo dispositivo deverá reduzir o número de roubos de veículos no país (Arte: Sérgio Moraes/AscomAGU)

Leane Ribeiro e Rafael Braga

A atuação da Advocacia-Geral da União (AGU) foi fundamental para a Justiça reconhecer a validade das normas que obrigam a instalação de dispositivos antifurto em veículos novos. Com essa garantia, a partir de julho de 2010, fabricantes e fornecedores devem começar a instalar os dispositivos em toda frota nacional de veículos.

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou Ação Civil Pública contra a União, alegando ser ilegal impor às empresas a instalação obrigatória de equipamento de rastreamento e localização em veículos, sob pena de multa. O objetivo era suspender os efeitos das determinações editadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) e pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Em março de 2009, a Justiça chegou a se pronunciar, em decisão liminar, no sentido de que a implantação deste dispositivo, violava preceitos de privacidade e intimidade. Continue lendo este tópico »

Carvão alimenta boa parte da nuvem da web

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Ambiente | 03/04/2010 às 14:35

Relatório do Greenpeace surge em meio a um novo debate americano sobre criar ou não limites ou outras medidas que reduzam o uso de combustíveis com teor pesado de carbono (Foto: iStockPhoto.com)

Relatório do Greenpeace surge em meio a um novo debate americano sobre criar ou não limites ou outras medidas que reduzam o uso de combustíveis com teor pesado de carbono (Foto: iStockPhoto.com)

A “nuvem” de dados que está se tornando o coração da Internet cria uma nuvem muito real de poluição, com a construção de centrais de processamento de dados por empresas como Facebook e Apple, cuja energia tem por base a queima do carvão, afirma um relatório do Greenpeace.

Uma nova instalação do Facebook utilizará energia de uma geradora cujo principal combustível é o carvão, enquanto a Apple, que lançará o iPad em 3 de abril, está construindo uma central de armazenagem de dados em uma região da Carolina do Norte (EUA) que tem eletricidade gerada por carvão, afirmou a organização ambiental em estudo divulgado hoje.

“A última coisa de que precisamos é de mais infraestrutura em nuvem construída em locais onde isso represente alta na demanda por energia suja acionada a carvão”, conclui o Greenpeace, cujo argumento é o de que as empresas da Web deveriam ser mais cuidadosas quanto aos locais em que constroem suas centrais de dados e deveriam intensificar a pressão em Washington por energia mais limpa. Continue lendo este tópico »