Bem-vindo(a)!

Exponho aqui um pouco daquilo que tem a ver com a minha produção diária. Cada publicação, uma novidade: poesias, notícias, pensamentos, reportagens…

No corpo, na alma e no coração RSS

Superlua desta segunda-feira é a maior e mais brilhante desde 1948

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Ciência | 14/11/2016 às 11:54

Superlua do dia 27/09/2015 (Foto: Isaac Ribeiro)

Foto: Isaac Ribeiro

Nesta segunda-feira (14), noite de lua cheia, o céu será iluminado pela maior e mais brilhante superlua dos últimos 68 anos.

A superlua, contudo, teve o seu perigeu (ocasião em que a Lua fica mais próxima da Terra) às 9h21min (horário de Brasília). Já o fenômeno por definição ocorreu no momento da lua cheia, que foi às 11h54min – nesta hora, o satélite esteve a 363.338 km da Terra.

Mas calma! Embora esses horários tenham sido na manhã brasileira, o evento poderá ser melhor aproveitado na noite de hoje.

Pesquisadores da UFRN anunciam descoberta de estrela gêmea do Sol

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Ciência | 24/05/2013 às 10:24

Felipe Gibson – Repórter

Representação artística de CoRoT Sol 1 e uma cronologia da evolução do Sol (Foto: Reprodução/DFTE/UFRN)

Representação artística de CoRoT Sol 1 e uma cronologia da evolução do Sol (Foto: Reprodução/DFTE/UFRN)

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) anunciaram a descoberta da CoRoT Sol 1, nome dado à estrela gêmea solar conhecida como a mais distante da Via Láctea, galáxia que abriga o Sistema Solar. De acordo com os cientistas, a análise do astro ajuda a prever o futuro do Sol, além de dar aos astrônomos a oportunidade de testar as atuais teorias da evolução estelar e solar. Continue lendo este tópico »

“Efeito Google” reduz a memória, mas aumenta habilidades de busca

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Ciência | 14/07/2011 às 23:25

Google (Imagem: Clinks)

Google (Imagem: Clinks)

Os motores de busca como Google e as bases de dados na internet se transformaram em uma espécie de “memória externa” de nosso cérebro, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira na revista Science, que revela que perdemos memória retentiva de dados, mas ganhamos habilidades de procura.

Os educadores e cientistas já advertiam que o homem estava se tornando cada vez mais dependente das informações online, mas até agora havia poucos estudos que o confirmavam, assinala a psicóloga Betsy Sparrow, professora adjunta da Universidade de Columbia (Nova York) e autora do estudo.

Foi justamente sua experiência pessoal – ao perceber que recorria com frequência à base de dados de cinema IMDB para lembrar o nome de alguns atores – que a levou a analisar ainda mais os hábitos de estudo e aprendizado das novas gerações. Continue lendo este tópico »

Sono à tarde melhora aprendizagem, revela estudo

Por Isaac Ribeiro | Categoria(s): Ciência | 21/02/2010 às 18:33

Um estudo da Universidade Californiana de Berkeley revela que uma hora de sesta (sono à tarde) pode tornar as pessoas mais inteligentes, pois serve para arejar a mente e melhorar a capacidade de aprendizagem.

“O sono não só cura o mal-estar do cansaço prolongado mas, em nível neurocognitivo, leva além de onde a pessoa estava antes de tirar a sesta”, explica Mattew Walker, professor de psicologia nessa universidade americana e principal autor da pesquisa.

A descoberta reforça a hipótese de que o sono facilita o armazenamento da memória a curto prazo e permite espaço para novas informações, assegura Walker.

Ele apresentou neste fim de semana seu estudo preliminar, no encontro anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS, na sigla em inglês) em San Diego, Califórnia. Continue lendo este tópico »